fbpx

JUNHO VERMELHO: CAMPANHA NACIONAL DE INCENTIVO À DOAÇÃO DE SANGUE

CAMPANHA NACIONAL DE INCENTIVO À DOAÇÃO DE SANGUE

CAMPANHA NACIONAL DE INCENTIVO À DOAÇÃO DE SANGUE.
Não é de hoje que é mencionada a importância da doação de sangue, um gesto que pode salvar a vida de muitas pessoas.
Em épocas mais frias e secas do ano, a mobilização para a doação de sangue tende a diminuir. Além desses fatores, a pandemia pode ser considerada um expoente na diminuição dos números. Por esses e outros fatores, no mês de junho, comemora-se o junho Vermelho: Uma campanha criada pelo Ministério da Saúde em 2015 para incentivar o espirito solidário nas pessoas, demonstrando que doar sangue é um ato de amor.
Anne Ferreira, chefe da seção do Ciclo Doador da Fundação Hemocentro de Brasília (FHB), pontua que a doação de sangue é importante para diversas situações: tratamento contra o câncer, transplantes, grandes cirurgias, complicações em pacientes com COVID-19 e outros fatores.
Por fim, a mesma menciona:

“Apesar dos avanços da medicina e das tecnologias, não existe medicamento que substitua as células do sangue. É por isso que esse gesto solidário é essencial”, fique atento, procure por  CAMPANHA NACIONAL DE INCENTIVO À DOAÇÃO DE SANGUE em sua cidade ou estado.

DIMINUIÇÃO NOS NÚMEROS DE DOADORES.
Devido a pandemia, foi necessária a restrição de pessoas nos meios hospitalares. Os dados mostram que as circunstâncias da pandemia afastaram os doadores dos bancos de sangue, e a situação é preocupante. Além disso, a falta de conscientização é um dos grandes fatores para a diminuição desses números. Faltam campanhas informativas, estímulo para uma maior compreensão da real importância de se doar sangue. Por esses fatores recentes e antigos, a queda nos números de doadores foi significativa.
É de suma importância o aumento nos números de doadores. A doação é um pequeno gesto que pode salvar a vida de muitas pessoas. A seguir, os requisitos para ser um doador e fornecer essa ajuda tão importante para nossa sociedade.

REQUISITOS PARA DOAÇÃO:
Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis. Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente.

DOE!
Nesse junho Vermelho, faça a sua contribuição. Todos nós conhecemos amigos e familiares que um dia necessitaram dessa ajuda, e nada mais justo que ajudar quem um dia nos ajudou. Um pequeno gesto para grandes pessoas.
Doe sangue!