fbpx

Tratamento de aneurisma endovascular abdominal

Tratamento de aneurisma endovascular abdominal

Um aneurisma da aorta é uma protuberância, dilatação ou inchaço na parede de um vaso sanguíneo, geralmente uma artéria, que se deve a fraqueza ou degeneração que se desenvolve em uma parte da parede da artéria. Assim como um balão, o aneurisma aumenta de tamanho, esticando as paredes da artéria mais finas, o que compromete a capacidade da parede da artéria de se esticar ainda mais. Nesse ponto, o aneurisma corre o risco de se romper e causar sangramento potencialmente fatal.

O melhor método para reparar um aneurisma depende de vários fatores, incluindo a localização e a forma do aneurisma, bem como a condição física do paciente. O enxerto endovascular é um método minimamente invasivo para tratar um aneurisma aórtico. Em vez de um reparo de aneurisma aberto no qual seu tórax e abdome são abertos cirurgicamente, seu cirurgião pode considerar um procedimento chamado de reparo de aneurisma endovascular (EVAR).

O reparo de um aneurisma de aorta abdominal pode ser realizado cirurgicamente por meio de uma incisão aberta ou em um procedimento minimamente invasivo denominado reparo de aneurisma endovascular (EVAR). No procedimento EVAR, um enxerto de stent é inserido no aneurisma por meio de pequenas incisões na virilha. O reparo endovascular de aneurismas não requer uma grande incisão e tem uma recuperação substancialmente mais curta do que a abordagem cirúrgica aberta convencional. No entanto, nem todos os aneurismas são adequados para correção endovascular.

Dr. José Joaquim de Azevedo Braga
Clínico Geral
CRM-SP 30392

OUTROS SERVIÇOS DA REDE CLÍNICA